terça-feira, 13 de novembro de 2018
 
     
 
Obras de coleta e tratamento de esgoto em Quatá
 
     
 
 

A Sabesp entregou no dia 24 de outubro obras do sistema de esgotamento sanitário de Quatá que ampliam o serviço para toda a população da área urbana do município. Com investimento total de R$ 8,1 milhões, o empreendimento é composto por uma estação de tratamento de esgoto (ETE) e pela implantação de 2,3 km de redes coletoras, beneficiando diretamente os cerca de 13 mil moradores da cidade.

 

A obra tem impacto positivo direto na qualidade de vida da população de Quatá, com a destinação adequada de todo o esgoto gerado. Esse tipo de empreendimento tem peso importante no Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) dos municípios, na medida em que melhora as condições de saúde e beneficia também o meio ambiente.

 

A nova estação de tratamento de esgoto substitui a antiga ETE e atende à demanda de crescimento populacional do município. A unidade contribui para a despoluição do córrego do Bugio (ou Água da Bomba). A ETE é composta por um reator anaeróbio de fluxo ascendente, duas lagoas facultativas e outros equipamentos capazes de adequar o efluente tratado à legislação ambiental.

 

Com a obra entregue, Quatá passa a ser considerado um município universalizado em sua área urbana, com 100% de abastecimento de água, 100% de coleta e 100% de tratamento do esgoto coletado.

 

Estiveram presentes ao evento Ricardo Borsari, secretário de Saneamento e Recursos Hídricos do Estado de São Paulo, e João César Queiroz Prado, diretor de Sistemas Regionais da Sabesp, além de funcionários da empresa e autoridades regionais.

 

     
  Share on FacebookTweetShare on Google+Post to TumblrShare on LinkedInSend email
Mais notícias