quarta-feira, 20 de junho de 2018
 
     
 
Governador entrega pacote de obras da Sabesp no Vale do Paraíba
 
     
 
 
 
     
 

O governador Márcio França entregou um conjunto de obras de abastecimento de água e tratamento de esgotos para três municípios da região do Vale do Paraíba nesta quarta-feira, 20/06. As ações realizadas pela Sabesp beneficiam diretamente mais de 164 mil pessoas de São José dos Campos, Bananal e Lavrinhas, além de melhorarem a qualidade da água de rios e córregos da região, principalmente do Paraíba do Sul. Somadas, as obras tiveram investimento de R$ 9,4 milhões e geraram 285 empregos.

 

No mesmo evento, que contou com a presença do secretário de Saneamento e Recursos Hídricos do estado de São Paulo, Ricardo Borsari, foi assinado o novo contrato de prestação de serviços entre a Sabesp e o município de Cachoeira Paulista. Dessa forma, a Companhia fará investimentos de R$ 32,283 milhões na cidade, onde atua desde 1975.

 

São José dos Campos recebeu a ampliação do sistema de abastecimento, com cerca de 5 km de redes e melhorias no reservatório do Jardim Colonial. As medidas garantem mais água diretamente para cerca de 156 mil moradores dos bairros Tatetuba, Vila Industrial, Jardim Ismênia, Vila Tesouro, Vista Verde, Jardim Motorama, Nova Michigan, Novo Horizonte e Jardim São José. As obras demandaram um investimento de R$ 3,9 milhões.

 

Já o município de Lavrinhas recebeu R$ 4,7 milhões em obras que aumentam a coleta e o tratamento de esgoto. Foram construídas duas estações de tratamento (ETEs), oito estações de bombeamento e 4,1 km de tubulações para levar o esgoto coletado das casas até o tratamento. Mais de 8.000 moradores do centro e dos bairros Mavisou, Village Campestre, Caviúnas, Recanto Tranquilo e Pinheiros foram beneficiados. Além disso, as medidas vão melhorar a qualidade da água do rio Jacu e, consequentemente, do rio Paraíba do Sul, onde ele deságua.

 

O governador entregou também melhorias para os moradores do distrito de Rancho Grande, em Bananal. Uma estação de tratamento de esgotos foi instalada no local, assim como 1.258 metros de rede coletora e 77 ligações domiciliares. Além do benefício aos moradores, o investimento de R$ 795 mil feito com recursos da própria Companhia ampliará a preservação do córrego das Antilhas, que cruza a região, e, consequentemente, o Paraíba do Sul.

 

Já em Cachoeira Paulista, a Sabesp investirá com o novo contrato R$ 23 milhões, nos próximos 30 anos, em obras de ampliação da reservação e tratamento de água, expansão da rede de distribuição e troca de tubulações. Além disso, mais R$ 8,217 milhões serão alocados para obras de expansão da coleta e tratamento de esgotos. As medidas devem beneficiar cerca de 35 mil pessoas nos próximos anos.

 

Paraíba do Sul, um rio limpo e com peixes

 

As obras entregues pelo governador vão melhorar ainda mais a qualidade da água do rio Paraíba do Sul, o principal da região do Vale, responsável por abastecer 15 milhões de pessoas nos Estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. As ações desenvolvidas pela Sabesp nos últimos anos despoluíram o rio e fizeram com que os peixes voltassem às suas águas – assim como a pesca em diversas cidades.

 

A boa qualidade da água no corpo hídrico é constatada pela Cetesb no relatório Qualidade das Águas Interiores do Estado de São Paulo de 2016. Ao analisar o Índice de Qualidade da Água no Paraíba, o documento declara que “a qualidade deste rio manteve-se boa ao longo de praticamente toda sua extensão” no Estado de São Paulo.

 

Desde 2011, a concessionária investiu quase R$ 280 milhões em coleta e tratamento de esgoto no Vale do Paraíba. As 15 obras realizadas em 10 municípios possibilitam o tratamento de quase 182 milhões de litros de efluentes por dia. Com isso, a empresa devolve água limpa a diversos rios e córregos que deságuam no Paraíba do Sul.

 

Em São José dos Campos, sede da Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte, foi o trabalho da empresa que transformou a cidade na que possui os melhores índices de saneamento do país entre as consideradas grandes, ou seja, com mais de 600 mil habitantes. O marco só foi possível com a entrega da Estação de Tratamento de Esgoto Pararangaba, que universalizou o saneamento no município no ano passado. O empreendimento teve investimento de R$ 44 milhões e trata quase 35 milhões de litros de esgoto por dia.

 

(Foto: GRuiz)

 

     
  Share on FacebookTweetShare on Google+Post to TumblrShare on LinkedInSend email
Mais notícias