sexta-feira, 19 de maio de 2017
 
     
 
Sabesp leva uso racional de água para todos os prédios municipais de São Bernardo
 
     
 
 
 
Máquina do Pura que dá exemplos sobre a racionalização do uso da água (Foto: Divulgação Sabesp)
 
     
 
A Sabesp e a Prefeitura de São Bernardo do Campo firmaram um contrato para incluir 372 imóveis no PURA - Programa de Uso Racional de Água. A cidade, que já tinha 100 prédios participantes do projeto, terá todos os edifícios municipais incluídos no programa, totalizando 472. A assinatura do contrato contribui com a redução do desperdício de água e campanhas educacionais. Desde o início das novas reformas, o município já economizou 12,06% no consumo, ultrapassando a meta estipulada de 10%. Se comparado a março de 2016, a economia foi de 19,31%, o que equivale 1,8 milhão de litros de água.
A previsão é que, até o início do segundo semestre de 2017, estejam finalizadas todas as adequações necessárias para reduzir o desperdício no município. A estimativa de redução do consumo anual é de 44 milhões de litros de água, o suficiente para abastecer a população do bairro dos Fincos, localizado no Riacho Grande, em São Bernardo do Campo com mais de 10 mil habitantes.
As ações envolvem reformas nos 372 prédios inclusos e o uso de tecnologia para a economia de água. Os edifícios ganham válvulas redutoras, arejadores de saída de torneiras, novas boias e sensores de volume, tubulações e reservatórios para captação e reaproveitamento da água da chuva e melhorias nas caixas-d’água. Além disso, os participantes ganham direito a uma redução de 25% na tarifa praticada pela Sabesp, desde que atendidos os requisitos, como obedecer a uma meta de consumo mensal definida pela empresa.

 
     
  Share on FacebookTweetShare on Google+Post to TumblrShare on LinkedInSend email
Mais notícias