quinta-feira, 05 de janeiro de 2017
 
     
 
Projeto vai apontar intervenções para recuperar trechos críticos das margens do Tamanduateí
 
     
 
 
 
Projeto irá recuperar pontos críticos em 16 km do Tamanduateí (Foto:DAEE)
 
     
 
O DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica) iniciou hoje – 4 de dezembro – o processo de licitação para um projeto executivo para recuperação de pontos críticos em 16 quilômetros das margens do rio Tamanduateí, entre a confluência com o rio Tietê e o viaduto Leste –Oeste e o trecho entre a avenida Arno e a foz do córrego do Oratório. O trecho inclui os municípios de São Paulo, São Caetano do Sul e Santo André.
O Superintendente do DAEE, Ricardo Borsari, destaca que as estruturas de contenção das margens do rio Tamanduateí foram construídas nos anos 70 e 80 e vem sofrendo um processo constante de desgaste natural. Os pontos críticos já foram identificados por um amplo estudo realizado pelo IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas) e o projeto vai apontar a melhor intervenção em cada ponto.
A expectativa é assinar o contrato em 90 dias e o trabalho deverá estar concluído em dez meses.
 
 
     
  Share on FacebookTweetShare on Google+Post to TumblrShare on LinkedInSend email
Mais notícias