quarta-feira, 14 de dezembro de 2016
 
 

Secretária-adjunta Monica Porto recebe prêmio de Engenheira do Ano

 
 
 
 
Monica Porto recebe prêmio de Eminente Engenheira do Ano (Foto: Gruiz)
 
 
 
 
A secretária-adjunta de Saneamento e Recursos Hídricos Monica Porto foi agraciada nesta segunda-feira, 12, com o título de Eminente Engenheira do Ano. Nos 100 anos de atividades do Instituto de Engenharia, esta é a primeira vez que uma engenheira é contemplada com o título. “Sinto-me extremamente honrada por ter sido agraciada com um prêmio tão importante, ainda mais no ano em que esta tradicional instituição celebra seu centenário”, disse Monica Porto em seu discurso de agradecimento. Além do posto ocupado no Governo do Estado, a engenheira civil Monica Ferreira do Amaral Porto também é professora titular da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo na área de engenharia ambiental.

Monica destacou o orgulho ao receber um prêmio que, no passado, contemplou o professor Lucas Nogueira Garcez. Criador de uma profícua geração de professores, pesquisadores e profissionais nas áreas de engenharia hidráulica e sanitária, ele foi governador do estado de São Paulo entre 1951 e 1955 e recebeu o prêmio do Instituto de Engenharia em 1968. “A carreira de engenheiro é desafiadora e estimulante. A permanente exigência da solução de problemas traz à profissão um dinamismo importante, que exacerba a criatividade e nos mantém curiosos”, ressaltou. Os obstáculos superados ao longo da trajetória também foram recordados pela secretária-adjunta no discurso de agradecimento. “Foi um desafio importante, tanto na minha carreira profissional como na minha carreira acadêmica, a decisão de me dedicar às questões de qualidade da água no meio natural, quando pouco se estudava o assunto no Brasil”.

Para o secretário de Saneamento e Recursos Hídricos e presidente do Conselho Mundial da Água, Benedito Braga, “é um orgulho muito grande para o governo do estado de São Paulo ter no time essa grande campeã”. Em 1991, logo após voltar do doutorado em recursos hídricos em Stanford, nos Estados Unidos, Braga foi professor de Monica Porto na disciplina de hidrologia estocástica. “Foi a melhor aluna que eu já tive ao longo de todos esses anos”, frisou o secretário. Braga aproveitou para lembrar aos presentes que a “engenharia é que constrói, literalmente, os países” e, portanto, o Instituto de Engenharia exerce um importante papel ao motivar os jovens para a referida profissão. “Isso é o que realmente vai nos levar para um futuro brilhante”, destacou.

O presidente do Instituto de Engenharia, Camil Eid, recapitulou a trajetória de Monica Porto e destacou o fato inédito de escolherem uma mulher para o prêmio. “Ela é homenageada pela sua destacada trajetória nas áreas de recursos hídricos e qualidade da água. A área de recursos hídricos é importante para o país e não está relacionada apenas às práticas tecnológicas, diretamente ligadas à distribuição, uso e conservação da água, mas também às questões mais profundas do desenvolvimento econômico nacional”, enfatizou.

Monica Porto é engenheira civil pela Poli/USP, além de mestre, doutora e livre-docente em engenharia pela mesma universidade. Foi diretora presidente da Fundação Centro Tecnológico de Hidráulica, de 2008 a 2014, e presidente da Associação Brasileira de Recursos Hídricos. Atua em diversas entidades, nacionais e internacionais, nas áreas de recursos hídricos e qualidade da água.

A cerimônia de premiação foi realizada na sede do Instituto de Engenharia, em São Paulo, e contou com a presença do secretário de Agricultura e Abastecimento, Arnaldo Jardim, do secretário de Energia e Mineração, João Carlos Meirelles, do presidente da Sabesp, Jerson Kelman, do superintendente do DAEE, Ricardo Borsari, além de demais autoridades, representantes de entidades do setor, familiares e amigos da homenageada.

O Instituto de Engenharia atribui o título de “Eminente Engenheiro do Ano” desde 1963 em reconhecimento aos profissionais de destacada atuação no meio e/ou que tenham uma carreira marcada por contínuas contribuições para a elevação e para o aprimoramento da engenharia.

 

 
  Share on FacebookTweetShare on Google+Post to TumblrShare on LinkedInSend email
Mais notícias