sexta-feira, 25 de novembro de 2016
 
 

Sabesp é premiada pela qualidade em saneamento

 
 
 
 
Da esq. para a dir.: o presidente da Sabesp, Jerson Kelman, o diretor metropolitano da empresa, Paulo Massato, a secretária-adjunta de Saneamento e Recursos Hídricos, Monica Porto, e o superintendente de planejamento e desenvolvimento da Metropolitana, Marcello Xavier. (Foto: Gruiz)
 
 
 
 
A Sabesp teve uma participação de destaque na cerimônia de entrega do Prêmio Nacional da Qualidade em Saneamento (PNQS) 2016, realizada na noite de terça-feira (22/11) em São Paulo. A companhia reafirmou seu compromisso com a excelência em suas atividades ao conquistar troféus nas principais categorias da premiação, organizada pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (Abes) com o objetivo estimular a aplicação de boas práticas de gestão nas empresas do setor em todo o país e reconhecer as organizações que se destacam pela utilização desses recursos. A secretária-adjunta de Saneamento e Recursos Hídricos, Monica Porto, e o coordenador de Saneamento da Secretaria, Américo de Oliveira Sampaio, participaram da cerimônia de premiação.

O PNQS é dividido em seis categorias, cada uma delas correspondendo a uma pontuação. As cinco primeiras classificações são os níveis B (125 pontos), I – Bronze (250 pontos), II – Prata ou Ouro (500 pontos), III – Platina (750 pontos) e IV Diamante (1.000 pontos). A sexta categoria refere-se ao prêmio Inovação da Gestão em Saneamento (IGS), direcionado a uma prática específica adotada em empresas de saneamento e meio ambiente, avaliada na forma de um case.

A Diretoria Metropolitana da Sabesp, que atende a Região Metropolitana de São Paulo e a Região Bragantina, foi premiada com o Troféu Platina ao atingir o nível III do PNQS, denominado “Avanços para a Excelência”, categoria destinada a companhias e organizações que já estão em fase mais avançada de construção de um sistema de gestão classe mundial. A Unidade de Negócio Leste da companhia foi ainda mais longe e recebeu o Troféu Diamante por alcançar o nível IV, “Critérios de Excelência”. Já a Unidade de Gerenciamento Regional Billings conquistou o Troféu Prata, nível II, conhecido como “Rumo à Excelência”.

A premiação foi recebida pelo presidente da Sabesp, Jerson Kelman; pelo diretor Metropolitano, Paulo Massato; e pelos superintendentes de Planejamento e Desenvolvimento da Metropolitana, Marcello Xavier; e da Unidade de Negócio Leste, Márcio Gonçalves Oliveira, além de outros funcionários que participaram da cerimônia. Ao falar aos presentes, Jerson Kelman destacou a importância da qualidade na gestão para o desenvolvimento do saneamento e, por consequência, do benefício direto à população.

“A excelência em gestão não é um fim em si mesmo, excelência em gestão é algo relacionado a fazer com que as equipes funcionem melhor, que as pessoas envolvidas no processo se sintam mais felizes e tenham maior produtividade para avançarmos [em saneamento]. Temos muito ainda a fazer”, disse o presidente. A Sabesp também saiu premiada na categoria Inovação da Gestão em Saneamento. O encarregado de Serviços de Água Lidemberg Antonio Rodrigues recebeu o Troféu IGS pelo trabalho de gestão de vazamento de água apresentado na disputa.

Por meio de suas unidades de negócio, a Diretoria Metropolitana da Sabesp participa do PNQS desde sua primeira edição, há 20 anos, e já recebeu prêmios em todos os níveis. A essência do PNQS é o Modelo de Excelência na Gestão, da Fundação Nacional da Qualidade, que tem entre seus objetivos a promoção da competitividade e da sustentabilidade, a avaliação e a melhoria da gestão, mensuração objetiva dos resultados do negócio e a uniformização da linguagem e da comunicação gerencial, entre outras vantagens. O modelo é baseado em fundamentos como aprendizado organizacional, inovação, conhecimento sobre clientes e mercados e responsabilidade social.
 
  Share on FacebookTweetShare on Google+Post to TumblrShare on LinkedInSend email
Mais notícias