quinta-feira, 17 de novembro de 2016
 
 
Sabesp assina contrato de prestação de serviços de saneamento em Santa Branca
 
 
 
 
Santa Branca passa a ser mais um município atendido pela Sabesp. (Fotos: SSRH)
 
 
 
 
O presidente da Sabesp, Jerson Kelman, e o prefeito de Santa Branca, Adriano Pereira, assinaram nesta quarta-feira (9/11) o contrato de programa para prestação de serviços de saneamento em Santa Branca. A cerimônia contou com a presença do secretário de Saneamento e Recursos Hídricos, Benedito Braga, o diretor de Tecnologia, Empreendimentos e Meio Ambiente, Edison Airoldi, e o superintendente da Unidade de Negócio do Vale do Paraíba, Fernando Lourenço de Oliveira. O contrato autoriza a companhia a prestar serviços de saneamento básico no município pelos próximos 30 anos. Com o acordo, a empresa investirá R$16,1 milhões em obras de saneamento básico, incluindo ampliação e melhorias no sistema de abastecimento de água, expansão do sistema de coleta de esgotos e construção de uma estação de tratamento de esgotos que atenderá todo o município. Os investimentos vão beneficiar a população urbana de 12.348 de habitantes.

Para o Secretário de Saneamento e Recursos Hídricos do estado de São Paulo, a assinatura do contrato demonstra a preocupação da companhia com a qualidade de vida do cidadão: "Quero cumprimentar a Sabesp que está cumprindo a sua missão de uma companhia que tem a economia mista, mas que tem uma visão também do interesse do cidadão", afirmou.

O prefeito de Santa Branca, Adriano Pereira, também fez que questão de ressaltar a importância da Sabesp para o município, que há anos sofre com problemas de falta d´água e falta de tratamento de esgoto. "No meu último ano na prefeitura fiz questão de deixar este legado para a cidade. A Sabesp no município é uma grande vitória", destacou.

"Este contrato significa que nós somos cobiçados e que os serviços da Sabesp são reconhecidos. Para nós é uma grande satisfação de saber que a população e dirigentes perceberam que a melhor opção para o município era entregar os serviços à Sabesp", acrescentou Jerson Kelman, presidente da Sabesp.

O município de Santa Branca será atendido pela sede da Sabesp no Vale do Paraíba, região que hoje apresenta índices de cobertura com coleta e tratamento de esgoto de 97% e 98%, respectivamente, devido à construção de novos sistemas de esgotamento sanitário, nos últimos cinco anos, beneficiando municípios como Arapeí, Cachoeira Paulista, Guararema, Queluz, Lavrinhas, Monteiro Lobato e São José dos Campos. Aumentou em cerca de 800 mil pessoas o número de clientes atendidos com mais de 90% de esgoto coletado e tratado. Isso significa um crescimento de 122% em cinco anos. No período de 2011-2016, os investimentos em obras de esgotamento sanitário somam mais de R$ 180 milhões.

O superintendente da Sabesp da região do Vale do Paraíba, Fernando Lourenço de Oliveira, que hoje é responsável pelo atendimento de 25 municípios da região, disse que começa agora a mudança da história do município de Santa e que o compromisso da Sabesp é garantir melhorias à saúde e à qualidade de vida da população. "O município de Santa Branca utiliza as águas do Rio Paraíba do Sul para o abastecimento público. Neste ponto, o rio apresenta excelente qualidade sendo considerado como classe I (Conama 357/05), o que possibilita o fornecimento de água de forma segura e sem riscos à saúde", mencionou.

Segundo Oliveira, ao cortar o município, o rio recebe a maior parte dos esgotos sem tratamento. "Hoje, apenas 4% dos esgotos coletados são tratados. Com as obras de esgotamento sanitário, os índices de tratamento vão chegar em 100% (2021), garantindo melhorias à qualidade das águas dos córregos São Joaquim, Barretos e Cemitério. Santa Branca, portanto, será agregada ao rol de municípios estaduais universalizados", disse.

Os avanços da coleta e tratamento de esgoto nos municípios operados pela Sabesp na região do Vale do Paraíba garantiram a melhoria na qualidade da água e volta dos peixes no Rio Paraíba.
 
   
Mais notícias