terça-feira, 01 de novembro de 2016
 
 
Seminário internacional discute qualidade das águas costeiras do Estado de São Paulo
 
 
 
 
Emissário Submarino de Santos (Foto: Sabesp)
 
 
 
 
A Secretaria de Saneamento e Recursos Hídricos do Estado de São Paulo, em parceria com a Escola Politécnica da USP, promove o Seminário Internacional “Qualidade das Águas Costeiras no Estado de São Paulo”, nos dias 03 e 04 de novembro, no Teatro Guarany, em Santos. O objetivo do encontro é fazer uma avaliação dos principais fatores que afetam a qualidade das águas costeiras no Estado, de modo a fornecer subsídios para a definição de novos programas e políticas públicas.

“É muito oportuno discutir novas alternativas para garantir e aperfeiçoar a qualidade das águas no litoral paulista. A gestão da balneabilidade é um tema complexo e que precisa ser discutido amplamente, tanto com a academia como com a sociedade”, destaca o Secretário Estadual de Saneamento e Recursos Hídricos e presidente do Conselho Mundial da Água, Benedito Braga. Segundo ele, o que torna o encontro um espaço privilegiado para debate é a presença de especialistas de diferentes instituições. “Vamos contar com representantes da USP, UFRJ, UFPR e outros, além de técnicos e especialistas do Brasil e do exterior”, explica Braga.

A cerimônia de abertura do evento ocorrerá às 9h do dia 3 de novembro e contará com a presença do secretário estadual, além do diretor da Escola Politécnica da USP, José Roberto Castilho Piqueira, do prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa, e demais autoridades. Na sequência, o presidente da Sabesp, Jerson Kelman, fará uma palestra com o tema "Desafios do Saneamento no Litoral Paulista". A partir das 10h30 serão apresentados painéis temáticos selecionados pelo Prof. Dr. Jaime Ortiz, com as presenças de diversos autores de textos técnicos publicados na edição especial da Revista DAE sobre o seminário. A revista é um dos principais periódicos de artigos científicos sobre saneamento no país.

Dentre os palestrantes internacionais está o consultor para o Banco Mundial em água e saneamento Menahem Libhaber. Radicado em Washington, nos Estados Unidos, o pesquisador vai tratar de aspectos econômicos, sociais e regulatórios das águas residuais de emissários submarinos. Os emissários submarinos também serão o tema da palestra do Prof. Dr. Ramiro Neves, do Instituto Superior Técnico de Lisboa, da Universidade de Lisboa, em Portugal. Já o Prof. Dr. Philip J. W. Roberts, do Instituto de Tecnologia da Georgia, nos Estados Unidos, vai discutir as diferentes alternativas de tratamento para a disposição marinha de águas residuais.

No dia 04 de novembro, a partir das 9h, serão realizados dois painéis temáticos. O primeiro vai tratar do macrozoneamento ambiental, planejamento urbano e infraestrutura de saneamento básico, enquanto que o segundo vai discutir a gestão de balneabilidade e a percepção sobre a qualidade das águas costeiras. Um grande debate está marcado para o final do dia. Dentre os palestrantes há representantes das secretarias estaduais de Habitação e de Meio Ambiente, além de outros órgãos governamentais, como Cetesb e Sabesp. No dia 05 de novembro (sábado), já com o seminário encerrado, haverá visita técnica ao canal de Santos, com participação de convidados.

Toda a programação do seminário será transmitida pela internet por meio de um canal no Youtube. O endereço para acesso é https://goo.gl/G7ZZlh. Mais informações sobre o encontro, a programação completa e o formulário de inscrições podem ser encontrados no link http://www.saneamento.sp.gov.br/seminario.html. As incrições são gratuitas.

O seminário conta com o apoio da prefeitura de Santos, da Revista DAE, da Unisanta (Universidade Santa Cecília) e da Sabesp.

Serviço
Data: 03 e 04 de novembro
Horário: 9h às 18h.
Endereço: Teatro Guarany, Praça dos Andradas, 100. Santos/SP.
 
 
   
Mais notícias