segunda-feira, 03 de outubro de 2016
 
 
Técnicos do DAEE atualizam estudo de chuvas intensas no Estado de São Paulo
 
 
 
 
(Foto: DAEE)
 
 
Técnicos do Centro Tecnológico de Hidráulica e Recursos Hídricos (CTH), do DAEE, realizaram uma ampliação e atualização do estudo “Precipitações Intensas no Estado de São Paulo”, disponível no link no final da notícia. No estudo, são apresentadas equações de precipitações intensas, utilizadas para o dimensionamento de obras hidráulicas, como galerias de águas pluviais, canalização de córregos, calhas de escoamento, bueiros, canais de irrigação e drenagem, vertedores de barragens, entre outros.

Os dados foram atualizados e expandidos, buscando atender todas as 22 Unidades Hidrográficas de Gerenciamento de Recursos Hídricos do Estado de São Paulo (UGRHI). Para compor o trabalho, os técnicos também utilizaram equações de outros autores, elaboradas com pelo menos 20 anos de estudos, buscando produzir resultados confiáveis.

Este é um avanço importante no conhecimento do comportamento de chuvas intensas no Estado. Esses dados fornecerão subsídios imprescindíveis para o dimensionamento de obras hidráulicas, concessão de outorgas e controle de enchentes.

Para coletar as informações foram levados em conta a distribuição espacial (a fim de contemplar todo o Estado), variabilidade de altitude, a população e importância econômica do local, os dados de chuva já disponíveis, suas qualidades e registro histórico.

Em comparação com o estudo anterior, foram realizadas 31 novas equações de precipitações intensas e adicionados 21 municípios. Além disso, as equações já existentes foram revisadas para dar mais confiança ao trabalho.





O download da publicação Precipitações Intensas no Estado de São Paulo está disponível aqui.
 
   
Mais notícias