quarta-feira, 17 de agosto de 2016
 
Carreta da Sabesp faz sucesso no primeiro dia da Fenasan
 
No primeiro dia da 27º Fenasan, a Sabesp marcou presença com inovação e tecnologia. O maior sucesso foi a carreta “Somos todos água”, que serve como laboratório móvel e conta com um cinema que promove uma "jornada 360 graus" para mostrar o percurso da água desde sua formação, através das chuvas, até a captação e encaminhamento para as estações de tratamento e a casa dos clientes, além de jogos interativos.

A novidade foi visitada por cerca de 40 crianças da Obra Social Dom Bosco de Itaquera, por alunos da Escola Técnica Estadual de São Paulo, pelo Ministro de Comércio e Desenvolvimento da Dinamarca, Troels Lund Poulsen, assim como por Alceu Segarmachi, por Benedito Braga e por Jerson Kelman.

“Eu fiquei impressionado desde o começo com a carreta. Eu tenho certeza de que vai ser um grande sucesso. Me agradou ver as crianças entusiasmadas e acredito que é uma maneira de levar uma informação relevante através de brincadeiras, fazendo com que as crianças aprendam de uma forma lúdica”, ressaltou Kelman.
 
Jerson Kelman, Alceu Segamarchi Junior e Benedito Braga entrando em carreta da Sabesp (Foto: SSRH)
"Muitas pessoas não têm a menor ideia do caminho que a água faz desde que sai do rio e do solo para chegar à torneira. O caminho da água e o trabalho que é feito para deixá-la em condições de ser consumida, sem problemas com a saúde, fica evidente no caminhão que é divertido, com realidade virtual e jogos que as crianças adoram”, acrescentou Benedito Braga.

Para o secretário Nacional de Saneamento a carreta da Sabesp traz conscientização, o que é de extrema relevância para o tema: “O grande problema do saneamento hoje é exatamente a educação. As pessoas não têm noção do que é saneamento, o que é água, do trabalho que dá para ela chegar limpa na torneira. E esse trabalho é maravilhoso. Acho que deveria ser multiplicado. A ideia é muito boa.”

Laboratório móvel

Dentro da carreta da Sabesp os visitantes puderam adquirir conhecimento da maneira divertida. Primeiro eles participaram de uma experiência 360 graus, chamada de Jornada da Água, similar aos antigos cinemas 180 graus, que, na prática, é uma incrível imersão em ambiente com painéis de LED. Nesta etapa, é demonstrado o percurso da água e tudo que permeia o tema, entendendo como são feitos os processos do tratamento da água e dos esgotos. Depois, levados a um pequeno laboratório, receberam explicações de como funcionam o ciclo da água e sua evaporação, a formação de nuvens, a chuva e o encaminhamento para rios, lagos, represas e mananciais. Junto com os visitantes, e de posse de uma amostra de água, os monitores esclarecem como é feita a análise e o controle da qualidade da água na Sabesp. Ainda nessa fase, os presentes conhecem os diversos tipos de fraudes em hidrômetros e são orientandos quanto aos problemas de cometer o crime e como denunciá-lo.

As últimas experiências do caminhão são os jogos interativos. Os visitantes se divertem caçando fraudes e tentando conectar corretamente ligações subterrâneas de água, águas pluviais e esgotos. Para completar, um óculos de realidade virtual permite a todos conhecerem os mananciais da Sabesp, limparem uma caixa d’água, entre outras opções.

O percurso foi feito pelas crianças da Obra Social Dom Bosco de Itaquera, que faz cerca de 5 mil atendimentos relacionados a creche, abrigos, idosos, profissionalização e arte de circo. “Esse trabalho é maravilhoso e digno. Desperta a consciência de quem visita a carreta sobre a importância da água, do cuidado, do zelo que devemos ter já que dependemos dela. Sem água não há vida, não se multiplica a natureza e nem o ser humano. A água dá vitalidade e saúde, principalmente bem tratada como é feito pela Sabesp. Todos estão de parabéns pela iniciativa”, enfatizou Padre Rosalvino, responsável pela obra social.

A carreta não agradou somente as crianças. Jovens da Escola Técnica Estadual de São Paulo também conheceram a novidade proposta pela companhia e aprovaram a ideia. “Eu achei que o caminhão é bem explicativo, principalmente para quem não entende do assunto. Eu aprendi dentro dele, basicamente, a matéria do ano inteiro”, contou Larissa, estudante de 16 anos.

Colaboradores do projeto

A carreta da Sabesp está sendo lançada na Fenasan para que, posteriormente, percorra todo o interior do estado de São Paulo. O projeto conta com oito monitores responsáveis por orientar as crianças, assim como um pedagogo, que supervisiona a equipe e ajuda nas dinâmicas de cada grupo, um bioquímico, que cuida do laboratório, e um técnico especialista para a parte de tecnologia.

O laboratório móvel da Sabesp terminou o dia com a visita do ministro do Comércio e Desenvolvimento da Dinamarca que, junto com o presidente Jerson Kelman, percorreu todas as salas da carreta e, inclusive, experimentou o óculos de realidade virtual.

Estande

Além do laboratório móvel, a Sabesp marcou presença no evento com um estande totalmente inovador. Com televisões e tablets, a companhia mostrou as principais obras em andamento e o funcionamento do aplicativo para identificar vazamento – Sabesp App –, sistema utilizado para se relacionar com os clientes tanto na central como nas agências de atendimento. Além disso, foram expostas tubulações utilizadas para captação de água nas obras de interligação Rio Grande Taiaçupeba, da interligação do Jaguari-Atibainha e do Sistema Produtor São Lourenço, que contaram ainda com imagens de 16 câmeras, em tempo real, das várias frentes de trabalho.
 
Mais notícias