quinta-feira, 11 de agosto de 2016
 
 
Benedito Braga discute gestão hídrica com presidente da Hungria
 
 
 
 
Presidente da Hungria se reúne com Governador e Secretário de Saneamento e Recursos Hídricos de São Paulo para debater sobre gestão hídrica (Foto: Eduardo Saraiva de Oliveira/ Palácio dos Bandeirantes)
 
 

O Secretário de Saneamento e Recursos Hídricos e Presidente do Conselho Mundial da Água, Benedito Braga, compartilhou experiências sobre gestão hídrica com o Presidente da Hungria, János Áder, na manhã desta quinta-feira, (11), em São Paulo. A conversa ocorreu durante a recepção ao chefe do poder executivo húngaro promovida pelo Governador Geraldo Alckmin, no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista.

Após ouvir a experiência do Estado no enfrentamento da crise hídrica em 2014 e 2015, o presidente da Hungria teceu elogios à forma como os trabalhos foram conduzidos. Braga retribuiu o comentário, ao ressaltar a honra em estar ao lado do líder de um país que tem promovido a questão da água internacionalmente. Por sua vez, Alckmin destacou a troca de conhecimento entre o secretário e o presidente húngaro. “Foi uma conversa muito positiva e o presidente Áder é um homem apaixonado pela água e uma das principais autoridades da ONU na questão da água e, portanto, um grande amigo do nosso professor Benedito Braga", disse o governador. Ele mencionou uma tecnologia em desenvolvimento na Hungria para o tratamento da água sem química, apenas com o uso de raios ultravioleta.

A Hungria faz parte de um painel de alto nível composto por 12 chefes de estado para discutir o tema "água". O painel foi criado em janeiro deste ano pelo secretário-geral da ONU (Organização das Nações Unidas) Ban-Ki Moon, e pelo presidente do Banco Mundial, Jim Yong Kim. O país será palco do encontro “Budapest Water Summit”, em novembro de 2016. Trata-se de um grande evento do setor de água que visa moldar ações políticas, empresariais e sociais com a expectativa de atingir o Objetivo do Desenvolvimento Sustentável nº 6: “Assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e saneamento para todos”.

“Além de estreitar laços, o encontro estabelece um canal importante no cumprimento da meta 6 dos ODSs”, afirmou Ana Paula Fava, assessora especial para Assuntos Internacionais e coordenadora do Grupo Intersecretarial do Governo para implementação dos Objetivos no Estado. São Paulo é protagonista no Brasil em iniciativas rumo aos ODSs, programa criado em substituição aos Objetivos do Milênio (ODM).

Participaram do encontro de hoje a embaixadora Débora Barenboim, o vereador Mário Covas Neto, o Zuzinha, o maestro Julio Medáglia, e o Assessor Internacional da Secretaria de Saneamento e Recursos Hídricos, Patrick Johann Schindler. Na delegação húngara esteve presente o embaixador da Hungria, Norbert Konkoly, a diretora geral da Presidência, Maria Haszonicsné Ádám, a diretora de Imprensa, Anita Altorjai, o diretor de Relações Internacionais Laszlo Szoke, o ajudante de Campo Laszlo Szego e o cônsul-geral da Hungria em São Paulo Zsolt Maris.
 
   
Mais notícias