segunda-feira, 25 de julho de 2016
Reservatório metálico em Tamboré vai beneficiar 180 mil moradores
 
O governador Geraldo Alckmin inaugurou neste sábado (23), às 10h, um reservatório metálico no bairro de Tamboré, em Barueri, na região oeste de São Paulo. Com investimento de R$ 5,736 milhões, o equipamento funcionava em pré-operação desde setembro de 2015. A obra amplia a capacidade de armazenamento de água em 10 milhões de litros e proporcionará melhores condições operacionais e maior segurança no abastecimento para 180 mil moradores de Barueri e Santana de Parnaíba.

Durante a inauguração, Alckmin disse que o reservatório traz dois benefícios para a população. "O primeiro benefício é a regularidade. Com mais reservatórios, você mantém o abastecimento pleno de água, garante o abastecimento nas 24 horas nos sete dias da semana, sem problema de interrupção", afirmou.
 
Governador de São Paulo inaugura reservatório em Tamboré (Foto: Sabesp)
"E o segundo é evitar desperdício, porque, quanto mais reservatório você tem, menos pressão você precisa colocar no sistema para fazer chegar a água às casas. Então, há um duplo benefício: melhora a qualidade, a regularidade da distribuição de água para a população e evita a perda física, que é o desperdício", explicou o governador.

A implantação dos reservatórios metálicos setoriais foi uma ação complementar de segurança ao abastecimento porque garante mais reserva de água tratada e constância no atendimento em bairros distantes dos principais sistemas adutores, propiciando uma melhora de pressão. Em 2015 foram entregues 11 reservatórios em oito municípios da Grande São Paulo: Franco da Rocha, Francisco Morato (três unidades), Osasco, Embu das Artes, Embu Guaçu, Itapecerica (duas unidades), São Bernardo do Campo e São Paulo.

Com a inauguração do reservatório Tamboré, já são 22 equipamentos em funcionamento desde que foi deflagrada a crise hídrica no início de 2014. Esse conjunto representa uma capacidade de armazenamento de água tratada de 147 milhões de litros. Outros 3 serão entregues neste ano: São Bernardo, com reservação para 15 milhões de litros de água; Itapecerica, com volume para 2,5 milhões de litros, e Ribeirão Pires, com capacidade de armazenar 5 milhões de litros de água.
 
Mais notícias