terça-feira, 28 de junho de 2016
 
 
DAEE amplia tratamento de esgoto em Tietê
 
 
 
 
Descerramento de placa de ETE em Tietê (Foto: DAEE)
 
 
O DAEE entregou ontem – 27 de junho – à Prefeitura de Tietê as obras de construção de 1,2 quilômetro de emissário de esgotos na zona urbana de Tietê. A obra, no valor de R$ 1,4 milhão, foi realizada através do programa Água Limpa. A solenidade contou com a participação do Superintendente do DAEE, Ricardo Borsari; e do Prefeito Manoel David Korn de Carvalho; além de autoridades regionais. O novo emissário integra o sistema de tratamento de esgotos do município.
A Prefeitura local deverá inaugurar na próxima sexta-feira uma ETE (Estação de Tratamento de Esgotos que vai permitir tratar 100% dos esgotos sanitários do município, contribuindo com a revitalização do Ribeirão da Serra, que deixará de receber aproximadamente 8 toneladas/mês de carga orgânica. O novo emissário permitirá o escoamento de 40% do esgoto doméstico da cidade para a ETE.
O que é o Programa Água Limpa?
O Programa Água Limpa foi criado em 2005 por meio de uma ação conjunta da Secretaria de Saneamento e Recursos Hídricos, o DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica) e a Secretaria da Saúde, com o objetivo de implantar sistemas de tratamento de esgotos em municípios com até 50 mil habitantes não atendidos pela Sabesp.
O programa já contemplou 94 municípios, com uma população de 1,54 milhões de habitantes. Este conjunto de obras representou um investimento de R$ 172 milhões e permitiu a retirada de 2,7 mil toneladas de carga orgânica lançada “in natura” nos rios, além de ter um papel importante como agente de prevenção na saúde, dificultando a disseminação de doenças.
O Governo investe, ainda, mais R$ 305,6 milhões no tratamento de 1,35 mil toneladas de resíduos em outros 36 municípios, beneficiando mais 747 mil habitantes.
 
 
   
Mais notícias