<
 
segunda-feira,30 de Maio de 2016
 
SSRH e Prefeitura de Gavião Peixoto firmam convênio para construção de estação de tratamento de esgoto
 
 
O secretário de Saneamento e Recursos Hídricos, Benedito Braga, e o prefeito de Gavião Peixoto, Gustavo Martins Piccolo, assinaram nesta segunda-feira (30/05) convênio para a construção de uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) no município. O custo total da obra é de R$ 2.499.512,25, dos quais R$ 1.250.000,00 serão recursos do Governo do Estado. O restante será contrapartida da Prefeitura. O repasse faz parte do programa Sanebase, por meio do qual a Secretaria de Saneamento e Recursos Hídricos (SSRH) auxilia municípios paulistas não operados pela Sabesp a desenvolver suas infraestruturas de saneamento. A partir da assinatura do convênio, a Prefeitura de Gavião Peixoto poderá dar início ao processo de licitação para contratar a empresa que executará a obra. Pelos termos do acordo, a obra deve ser concluída pelo Município até o primeiro semestre de 2018.
Assinatura do convênio na sede da Secretaria (Foto: SSRH)
 
Com capacidade de operação de 1.234 m3/dia, a nova ETE fará com que 100% do esgoto coletado no município seja tratado, beneficiando diretamente todos os 5 mil habitantes e preservando os mananciais da bacia hidrográfica do Tietê-Jacaré (UGRHI-13). “Este é um investimento muito importante, pois a ETE possibilitará universalizar o tratamento de esgoto em Gavião Peixoto. Gostaria de enaltecer o apoio do governador Geraldo Alckmin neste processo, que, sensível à relevância do saneamento para a população e o meio ambiente, liberou os recursos, apesar da grave crise econômica por que passa o país. São convênios como esse que fazem de São Paulo o Estado com os melhores índices de saneamento do país”, afirmou o secretário Benedito Braga.
Sobre o Sanebase
O Programa Sanebase tem como objetivo transferir recursos financeiros para a execução de obras e/ou serviços de saneamento básico, mediante convênios firmados entre o Governo do Estado de São Paulo, através da Secretaria de Saneamento e Recursos Hídricos – SSRH com a interveniência da Sabesp, na qualidade de Órgão Técnico do Programa, e os Municípios cujos sistemas de água e esgoto são operados diretamente pela Prefeitura Municipal ou por intermédio de autarquias municipais (serviços autônomos).
As intervenções financiadas buscam ampliar os níveis de atendimento dos municípios para a implantação, reforma, adequação e expansão dos sistemas de água e esgotos, com vistas à universalização desses serviços, contribuindo para a melhoria das condições de saúde e da qualidade de vida da população. Obras e/ou serviços que se enquadram no Programa Sanebase incluem: Captação Superficial (barragens) ou Subterrânea (perfuração de poços profundos); Adutora de água bruta; Elevatória de água bruta; ETA - estação de tratamento de água; Casa de química; Laboratório de controle; Adutoras de água tratada; Reservatórios de distribuição; Rede de distribuição de água; Ligações domiciliares; Instalação de hidrômetros; Rede coletora de esgotos; Ligações domiciliares; Coletor tronco; Interceptor; Emissário; Estações elevatórias; Linhas de recalque e ETE - Estação de Tratamento de Esgotos.
 
Mais notícias